Lula refuta prisão domiciliar, para não perder a cantilena de “preso político”

Entre os petistas mais graduados todos sabem o motivo pelo qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva refutou a possibilidade de prisão domiciliar e determinou ao seu ‘serviçal’ Cristiano Zanin que desautorizasse e desse uma descompostura no ex-ministro Sepúlveda Pertence.

Lula prefere ficar preso no conforto da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, a ter que usar tornozeleira eletrônica e correr o risco de não mais poder bradar a falseta de que é um ‘preso político’.

Parece que está passando da hora de impor ao meliante petista a condição de preso comum.

Mantê-lo na Superintendência da PF só dá força para o grito insano de que o maior ladrão da história do Brasil é um ‘preso político’.

A Vara de Execuções Penais tem que determinar urgentemente a transferência de Lula para um presídio comum.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça