Fachin dá contra-golpe e evita golpe do trio do mal e defesa de Lula

Diante do novo requerimento da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tentando afastar o ministro Edson Fachin do processo do meliante petista e antevendo essa possibilidade, em função da manifesta intenção dos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski em detonar a Operação Lava Jato, o ministro relator da Lava Jato no STF deu um contragolpe inesperado e certeiro.

Mesmo sem a cota do Ministério Público Federal, ele liberou para o plenário o processo, inviabilizando qualquer atitude nefasta do trio.

Assim, ele impede o golpe e deixa nas mãos da ministra Cármen Lúcia a decisão de marcar data para um novo julgamento ou de cara indeferir o recurso petista.

A argumentação utilizada pela defesa de Lula é medíocre, sem base legal.

Acusam Fachin de ter usurpado a competência da 2a Turma. Um absurdo, entre os muitos que estão sendo emplacados com a anuência do trio.

Fachin agiu rápido e com brilhantismo.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça