PT divulga nota atacando Moro por determinar uso de tornozeleira para Dirceu

O Partido dos Trabalhadores publicou na tarde deste sábado (30) uma nota qualificada como “denúncia de nova arbitrariedade contra Dirceu”.

Na nota, os companheiros do criminoso atacam a decisão do juiz Sérgio Moro, que determinou que ele compareça até terça-feira (3) em Curitiba para colocar a tornozeleira eletrônica.

O PT qualifica a decisão do magistrado da Lava Jato como ‘abuso de poder’.

A absurda decisão do STF não absolveu Dirceu, muito pelo contrário, apenas concedeu a um criminoso reincidente a possibilidade de aguardar o último recurso, meramente protelatório, em liberdade.

A rigor, o risco de fuga do meliante é iminente.

Todavia, uma organização criminosa jamais vai aceitar atitudes que previnam que a lei será aplicada.

Moro mais uma vez foi brilhante. Caso o pilantra não compareça, certamente terá novo mandado de prisão.

Abaixo, veja a infame nota do PT:

O Partido dos Trabalhadores denuncia mais uma arbitrariedade de Sergio Moro contra o companheiro José Dirceu, que teve reconhecido esta semana, por habeas corpus de ofício na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, o direito de recorrer em liberdade da pena injustamente imposta.
É decisão soberana da Suprema Corte, sobre a qual não cabe intervenção de instâncias inferiores. No entanto, Moro, que sequer é citado na decisão do STF, intimou por despacho José Dirceu a deslocar-se de Brasília a Curitiba, até terça-feira, 3 de julho, para que lhe seja imposta uma tornozeleira eletrônica. Também aplicou uma série de constrangimentos à movimentação e contatos de Dirceu.
Sergio Moro sabe que está cometendo mais uma ilegalidade, tanto é que, no despacho, ressalva que os constrangimentos valem “até decisão em contrário”.
A sociedade brasileira rejeita os métodos autoritários e de exceção da Lava Jato, flagrantemente parciais contra o PT, que começam a ser corrigidos em instâncias superiores.
O Partido dos Trabalhadores está solidário com o companheiro José Dirceu e a sua família, que vão passar por mais esta provação. Estamos juntos, companheiro, na luta pela verdade, pela justiça e pela democracia.
COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça