Meu dilema pessoal com o ministro Gilmar Mendes

A internet, as redes sociais, a imprensa estão recheadas de notícias que depõem contra a conduta do ministro Gilmar Mendes.

Um vídeo com uma conversa entre ele e o senador Aécio Neves, demonstra sua nefasta atuação político-partidária. Um inaceitável escárnio. Ei-lo:

Em um outro vídeo, o ilustre magistrado aparece numa conversa com o ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, onde deixa caracterizada sua conduta em notória obstrução da justiça. Veja abaixo:

Inúmeras de suas decisões são verdadeiros atentados contra a lei, favorecendo políticos e empresários envolvidos em casos escabrosos de corrupção, conforme vem sendo constantemente denunciado.

Os casos de Eike Batista e Jacob Barata são assombrosos, onde ficaram evidentes os laços de relação entre os dois réus e o juiz.

Joesley Batista, outro beneficiado pela caneta injusta do julgador, é mais um caso para causar indignação. Juiz e réu tinham comprovada relação de amizade e, pasmem, vínculo empresarial.

Aliás, neste particular, Gilmar é um exemplo indecente e inusitado de magistrado dublê de empresário. Algo realmente inconcebível.

Denunciei o flagrante vínculo entre Gilmar e Eike, em razão da esposa do ministro, dona Guiomar, ser sócia do escritório que advogava para o ex-bilionário.

Por este motivo – a mais pura verdade – o ser supremo me processa e também o Jornal da Cidade Online e quer R$ 100 mil como indenização por danos morais.

É assim que ele age.

Não vai me calar.

O jornal entrou com uma outra ação, onde pede a inversão do ônus indenizatório.

Ainda não fui citada e não conheço os termos da demanda proposta pelo ministro, mas também exercerei com firmeza o meu direito de defesa.

Vários advogados já se propuseram a patrocinar a minha causa, graciosamente. Fico feliz com a solidariedade recebida.

São essas atitudes que nos encorajam e nos dão força para prosseguir no caminho do bem.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Notícias relacionadas