Toffoli assegura o "escárnio" e determina que Dirceu fique sem tornozeleira

Os ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) ultrapassaram todos os limites da falta de responsabilidade, da estupidez e da proteção escancarada a bandidagem.

Após providenciarem a soltura do criminoso reincidente José Dirceu, neste domingo (2), em regime de URGÊNCIA, o ministro Dias Toffoli assegurou a liberdade plena para o meliante e desautorizou o uso de tornozeleira, que havia sido determinado pelo juiz Sérgio Moro.

Vale salientar que a rigor, esse ministro deveria se dar por suspeito para julgar qualquer coisa ligada a um criminoso da laia de José Dirceu.

Toffoli, além de amigo intimo, foi assessor de Dirceu quando este surrupiava os cofres públicos na Casa Civil.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça