Checagem de horários comprova conduta criminosa de Favreto

Parece que está esclarecida a questão de que os três deputados petistas que ingressaram com o Habeas Corpus em favor do meliante Lula e o desembargador petista, agiram em conluio, criminosamente, visando burlar a lei e a ordem, tentando efetivamente aplicar um golpe na Justiça.

Para tanto, basta constatar a checagem de horários em que Favreto concedeu a ordem, com o horário da chegada de dois elementos do ‘trio pateta’ na superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

O despacho de Favreto entrou no sistema do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, às 9h05 de domingo.

Wadih Damous e Paulo Teixeira estavam na sede da PF para soltar Lula às 8h30.

Ficaram aguardando. Quando receberam o aviso de que a concessão do HC já estava no sistema, pediram para falar com os policiais.

O plano só não deu certo porque o delegado da PF não era um petista e resolveu se certificar sobre a ilegalidade da decisão.

Fonte: Estadão

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça