Procura-se o Dr. Bumbum, o médico foragido, "estrela" das redes sociais

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido nas redes sociais como Dr. Bumbum, está sendo ‘caçado’ pela polícia do Rio de Janeiro, acusado de homicídio.

A vítima é a bancária Lilian Calixto, de 46 anos.

O procedimento estético de responsabilidade do médico não deu certo.

Renata Fernandes Cirne, de 20 anos, namorada do Dr. Bumbum foi detida no domingo (15) por suspeita de participação no procedimento.

A vítima é de Cuiabá (MT) e se deslocou até o Rio de Janeiro para se submeter a um procedimento estético nos glúteos, realizado na residência do médico, uma cobertura na Barra da Tijuca. A intervenção resultou em problemas e Lilian não resistiu.

Da cobertura do médico, Lilian ainda foi transferida para um hospital.

Ela passou por quatro paradas cardiorespiratórias, sendo que na última não respondeu às tentativas de ressuscitação. A morte da bancária foi constatada por volta das 1h12 do domingo. Ainda segundo o depoimento, no mesmo dia da internação, o médico recolheu os pertences da paciente (um anel de prata com pedra, uma aliança dourada, um anel de prata, um cordão prata com pingente, uma blusa de manga, uma blusa de alças, um par de tênis e um sutiã) e se retirou do hospital.

Segundo informações da polícia, o médico tem outras seis anotações em sua ficha criminal. Porte ilegal de arma (2003), crime contra a administração pública (2003), resistência à prisão (duas vezes, em 2006 e 2007), violação de domícilio (2007) e exercício arbitrário das próprias razões (2007).

Fonte: Extra

da Redação

Comentários

Mais em Polícia