Nova derrota: Zanin, medíocre, pretendia afastar Moro de casos de Lula por foto com Dória

O abobalhado Cristiano Zanin fez a Justiça dispender o seu tempo e movimentar a sua estrutura, em função de um recurso em que ele apresentava como justificativa para afastar o juiz Moro de casos envolvendo o ex-presidente Lula, uma foto do magistrado com o ex-prefeito de São Paulo, João Dória.

Ora, esse sujeito, que se diz advogado, deveria ser interditado.

Zanin é totalmente sem noção, sem escrúpulos e sem ética.

Quem está preso e condenado por Lavagem de Dinheiro e Corrupção é Lula. O juiz Sérgio Moro é um homem livre. Logo, pode fazer foto com quem bem entender.

Por outro lado, João Dória Júnior é ‘ficha limpa’, homem público respeitado, sem nada que desabone a sua conduta.

Não é a toa que este é o recurso de número 79, em que Cristiano Zanin sofre fragorosa derrota.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça