O sinistro plano dos ministros do STF que operam contra a Lava Jato

A sociedade tem bem claro quem são os ministros que articulam diariamente contra a Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

A Segunda Turma, pela presença do famoso ‘trio’ tem sido o paraíso de sujeitos como José Dirceu, condenado há mais de 30 anos de prisão, reincidente e solto. Inexplicável.

A ida de um dos integrantes do ‘trio’ para a presidência da Corte, faria ‘esse povo’ perder a maioria na Segunda Turma, pois a atual presidente ministra Cármen Lúcia, passaria a integrá-la.

Porém, um ardiloso plano está em voga. Agora, no mês de agosto, Marco Aurélio trocaria de Lugar com Dias Toffoli, vindo aquele para a Segunda Turma e indo este para a Primeira Turma.

Assim, a turma que opera contra a Lava Jato, manteria a maioria na Segunda Turma e ficaria com o controle da pauta do STF, atribuição do presidente.

Tais tratativas demonstram o interesse do grupo em fulminar a Lava Jato.

Aliás, a Lava Jato nunca esteve tão em risco.

Fonte: O Antagonista

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça