Gleisi marca convenção para o dia 4 e planeja a perpetração de mais um escandaloso crime eleitoral

Está marcada para o próximo dia 04 de agosto a infame convenção do PT, que pretende oficializar a candidatura de um presidiário, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, como candidato a presidente da República. Uma vergonha, um absurdo.

Pior é a estratégia que será adotada pelo partido, previamente anunciada pelo jornal Folha de S.Paulo.

O PT pretende convocar um jejum nacional. Ou seja, não haverá pão com mortadela para os ‘militontos’. Até ai tudo bem.

Noutra frente, haverá um pedido para os militantes, para que levem alimentos a famílias das periferias e digam que ‘foi Lula quem mandou entregar’.

Configura-se autêntica compra de voto a distribuição de alimentos. Crime eleitoral.

Aliás, coisa que o PT sempre foi useiro e vezeiro em realizar, sempre impunemente.

São verdadeiros e incontroláveis ‘foras da lei’.

Para os petistas, as leis existem para serem transgredidas.

da Redação

Comentários

Mais em Política