Os Médicos, Jair Bolsonaro, a Rede Globo de Televisão e o apoio ao PT

A Rede Globo de Televisão é uma ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA. Seus jornalistas são verdadeiros militantes vagabundos do PT, PSOL e PC do B. Ponto.

Nova linha:

A senhora que aparece na foto acima era uma paciente diabética que entrou em coma e morreu em cetoacidose.

A Globo trouxe a notícia para dentro de nossas casas “denunciando” negligência no atendimento. Eu sei lá se houve ou não negligência. Não sei e não quero saber. SE digo que “não houve”, a Imprensa Vagabunda Petista de todo Brasil vai dizer que estou sendo “corporativista” ao defender uma médica do Rio de Janeiro.

SE digo que houve; o Conselho Regional de Medicina abre um processo contra mim (com toda razão) por comportamento antiético da minha parte ao falar sobre o atendimento de uma paciente que não foi feito por mim e aconteceu em outro estado do Brasil à milhares de quilômetros de onde vivo e trabalho como médico.

Repito: eu sei lá quem é culpado nessa história toda. Meu objetivo aqui é outro. Morreu mais uma paciente, mais uma de centenas que devem ter morrido nos últimos dias nestas espeluncas que são os hospitais do SUS e as UPAS no Brasil e a Globo “correu para dar a notícia”.

Vamos ao ponto: desde quando uma Organização Criminosa controlada por jornalistazinhos petistas maconheiros e por feminazis do PSOL dentro de suas redações se interessa por “mulher que morreu com silicone na bunda” ou por “paciente com cetoacidose diabética”??

A Rede Globo de Televisão é, eu não vou cansar de repetir, uma Organização Criminosa que apoiou o Regime Político que DESTRUIU a Saúde Pública no Brasil – o Regime Petista!

A Globo apoiou Alexandre Padilha e seus falsos médicos cubanos, apoia a descriminalização do aborto, da pedofilia, das drogas e da iniciação sexual precoce das crianças. A Globo acreditou no modelo cubano de saúde que transformou o Brasil numa UPA e ficou quietinha quando toda Rede de Hospitais Federais, Estaduais e Municipais do RJ foi sucateada!

A Globo faz novela que tem médico psiquiatra gay e corrupto, a Globo apresenta os médicos com gente “sem alma”, que “só pensa em dinheiro” e que “não faz parte do Brasil”. Médico e LIXO é o mesmo para Rede Globo de televisão que, na sua melhor tentativa de se defender disso que eu escrevi, criou uma série com um sujeito que imitava o “Dr. House” dentro de um hospital do Rio.

O interesse da Rede Globo, nos últimos dias, em bater com tanta força nos médicos brasileiros vem do fato de que esta classe está TOMADA de eleitores de Bolsonaro, influencia pacientes e seus familiares e coloca em risco o plano de Revolução Cultural da escória comunista que trabalha no PROJAC.

Repito para finalizar: não sei Dona Irene Bento, a paciente de 54 anos que aparece na foto, foi bem ou mal atendida. Não dou razão para absolutamente ninguém nessa história, mas de uma coisa eu sei e isso quero deixar claro para os familiares dela – a Rede Globo de Televisão não dá a mínima para morte de Dona Irene, para morte da bancária que caiu nas mãos do “Dr. Bumbum” nem para morte de NINGUÉM no Brasil: parem de dar entrevista para estes marginais. Vocês estão sendo usados como bichos e serão esquecidos em menos de quinze dias.

Para meus colegas de profissão, um recado: outubro ainda está longe. Vem muita reportagem contra os médicos pela frente.

Milton Pires

Médico cardiologista em Porto Alegre

Siga-nos no Twitter!

Mais de Milton Pires

Comentários

Notícias relacionadas