Dilma está morrendo de medo de se defrontar com o juiz Moro

A ex-presidente Dilma Rousseff não vai mais ser testemunha de defesa de seu antecessor, o ex-presidente Lula.

Pela segunda vez consecutiva ela adia o depoimento, alegando compromissos inadiáveis.

Que compromissos poderiam ser mais importantes do que prestar o seu testemunho em favor do "inocente" Luiz Inácio?

Parece óbvio o temor de enfrentar o juiz Sérgio Moro.

Ademais, Dilma sabe que será pressionada e teme em se complicar ainda mais.

Lula não vale o sacrifício. Para Dilma agora só o que interessa é se eleger senadora.
Lula que se dane..

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça