Não vamos estragar a amizade por causa de política! MENTIRA!

Sim, essa é uma grande mentira. Pra começar a amizade pressupõe a existência de três requisitos básicos: admiração, respeito e consideração.

Eu não posso ter admiração por quem torce por um governo que leva o meu país à falência econômica e moral; que era composto por uma maioria de corruptos da pior espécie e que aparelhava a máquina pública com "companheiros".

Eu não posso ter respeito por quem pede a volta de um governo que mandava bilhões para países dominados por ditadores; que perdoava dívidas enquanto o nosso país não tem dinheiro para hospitais e escolas; que comprava refinarias por várias vezes o preço de mercado... e no final dizia que não sabia de nada.

Eu não posso ter consideração por alguém que torce cegamente por um governo que levou o povo ao desemprego, sacrificando 12 milhões de famílias; que transformou o Brasil numa vergonha internacional; que fez campanhas mentirosas comprando votos através de esmolas; que estimulou a separação de raças, a divisão de gêneros e causou um racha na sociedade, além de favorecer abertamente o enriquecimento ilícito dos "cumpanhêros".

Eu não posso ter amizade com quem hoje chama de "golpe" a tentativa de se fazer JUSTIÇA, colocando na cadeia os criminosos que eles tentam transformar em heróis, e muito menos com aqueles que vestem o vermelho em vez do verde e amarelo.

Não, meus amigos... Eu não posso ser amigo de petistas e comunistas, porque quem é amigo de marginais, calhordas, vagabundos, biltres e inescrupulosos, acaba sendo cúmplice. Só são dignos da minha amizade aqueles que não vendem o futuro dos meus filhos e netos por uma bolsa, um "pixulé" ou um pão com mortadela..

Não se trata de ser intolerante com quem pensa diferente. Trata-se de não ser tolerante com crápulas que pensam como bandidos.

Democracia é aceitar aqueles que pensam diferente. Não é aceitar os que pensam ERRADO, porque isso é permitir a subversão de princípios. Aceitar quem pensa errado é acatar a imoralidade e dar um ar de normalidade aos atos mais infames. É abraçar quem rende glórias a tudo aquilo que é inaceitável e repugnante numa sociedade inteligente e honesta.

Logo... Nenhum conceito romântico de "democracia" é maior que a minha consciência e por esse motivo eu não sou amigo de petista e comunista, não fui e jamais serei. Se a carapuça serviu pra alguém, "a porta da rua é a serventia da casa". Clique em "desfazer amizade" e faça um brasileiro de verdade feliz.

Mais de Marcelo Rates Quaranta

Comentários

Notícias relacionadas