Toffoli teria coragem de mandar prender o próprio irmão?

O cidadão Ticiano Dias Toffoli, irmão do futuro presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro José Antônio Dias Toffoli, acaba de ser condenado por improbidade administrativa cometida no período em que era prefeito da cidade de Marília, no interior de São Paulo.

Para o juiz que julgou o caso ficou claro o “dolo na prática de atos de improbidade administrativa”.

Segundo o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), os cofres da cidade de Marília, ‘sofreram uma falta de liquidez da ordem de R$ 70 milhões’.

Mario Bulgareli, antecessor do irmão do ministro, também foi condenado.

Ticiano Toffoli presentemente está com os seus direitos políticos suspensos.

Na esfera penal, no entanto, Ticiano foi absolvido em primeira instância, mas em razão da condenação cível, terá que devolver em dobro o prejuízo que ocasionou.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça