Plano do MPF é pedir a prisão de Temer em janeiro de 2019

Nas hostes do Ministério Público Federal (MPF) já existe um consenso com relação a atuação da instituição, tão logo Michel Temer deixe a presidência da República e perca a condição de detentor de ‘foro privilegiado’.

A partir de então, todos os casos envolvendo o atual presidente serão competência da 1ª instância.

Estabelecida a nova situação, o MPF pedirá imediatamente a prisão de Temer, ainda em janeiro de 2019.

É um fato líquido e certo. Motivos e provas transbordam em abundância.

Segundo a revista Crusoé, a chance que Temer tem de escapar, está em conseguir algum cargo no futuro governo que lhe mantenha o foro especial.

Diante do quadro, parece não existir dúvida de que a única possibilidade de salvação de Temer é a eleição de Alckmin.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça