A desfaçatez de Gleisi, criticando o diretor geral da PF e ignorando o “Golpe do Plantonista”

Gleisi Hoffmann é o que há de pior e mais rude na política brasileira.

Por fora, uma mulher até com certa elegância e beleza, por dentro uma pessoa absolutamente desqualificada e sem nenhum escrúpulo.

Neste domingo no Twitter, ela teceu críticas a atitude do diretor geral da Polícia Federal no episódio em que o desembargador petista concedeu liminar no Habeas Corpus interposto pelos três patetas.

“A entrevista do Diretor Geral da PF, hj no Estadão, expõe as entranhas do abuso de autoridade, da violência jurídica, da desfaçatez de quem tem de observar leis e regras e age por conveniência política.”

Devassa e abjeta.

A entrevista na realidade expôs o comportamento naturalmente tumultuado diante de um golpe, o ‘Golpe do Plantonista’. Tramado para tentar soltar na marra um meliante preso e condenado.

Foi nesse sentido a exposição do chefe da PF.

da Redação

Comentários

Mais em Política