Presidente do TRF-4 desmente diretor-geral da Polícia Federal

Na tarde desta segunda-feira (13), o desembargador Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) desmentiu categoricamente o delegado Rogério Galloro, diretor geral da Polícia Federal.

Em entrevista ao jornal Estadão, publicada neste domingo (12), o delegado narrou o episódio do ‘Golpe do Plantonista’, quando o desembargador petista Rogério Favreto concedeu uma liminar ‘fake’ para a soltura do ex-presidente Lula, dizendo que naquela oportunidade recebeu por telefone, ‘detrminação’ do desembargador presidente do TRF-4 para que não soltasse Lula.

Em nota, o magistrado confirmou a ligação, mas sustentou que em nenhum momento deu qualquer determinação por telefone, apenas disse que iria despachar nos autos, em seguida. Foi o que fez.

Lamentável a declaração do delegado, que, pelo visto, além de ter mentido, se coloca como subordinado de um magistrado.

Não existe tal subordinação. Ambos são autoridades com suas respectivas atribuições.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça