Presidente do TRF-4 desmente diretor-geral da Polícia Federal

Na tarde desta segunda-feira (13), o desembargador Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) desmentiu categoricamente o delegado Rogério Galloro, diretor geral da Polícia Federal.

Em entrevista ao jornal Estadão, publicada neste domingo (12), o delegado narrou o episódio do ‘Golpe do Plantonista’, quando o desembargador petista Rogério Favreto concedeu uma liminar ‘fake’ para a soltura do ex-presidente Lula, dizendo que naquela oportunidade recebeu por telefone, ‘detrminação’ do desembargador presidente do TRF-4 para que não soltasse Lula.

Em nota, o magistrado confirmou a ligação, mas sustentou que em nenhum momento deu qualquer determinação por telefone, apenas disse que iria despachar nos autos, em seguida. Foi o que fez.

Lamentável a declaração do delegado, que, pelo visto, além de ter mentido, se coloca como subordinado de um magistrado.

Não existe tal subordinação. Ambos são autoridades com suas respectivas atribuições.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários