Definido o dia para o julgamento do pedido de registro de candidatura do presidiário

Aparentemente por mera prudência, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do processo de pedido do registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já deu clara demonstração de que irá respeitar todos os prazos de tramitação.

Desta forma, tudo indica que o plenário do TSE deve julgar o caso exatamente no dia 4 de setembro, quatro dias após o início do horário eleitoral gratuito.

Efetivada a decretação da inelegibilidade, o PT deve oficializar a chapa Haddad e Manuela.

Se ‘eleição sem Lula é fraude’, como tem apregoado o PT, o partido irá participar da fraude.

Ou seja, o PT é uma farsa.

Quem viver verá!

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça