O novo disfarce do PT: sem sigla, sem estrela e sem a cor vermelha

A aversão ao PT chegou até mesmo no Acre, onde os irmãos Viana dominam as urnas há quase 20 anos.

Assim, o candidato petista no próximo pleito está adotando um disfarce para tentar assegurar um novo mandato para o partido.

A cor da campanha é verde, a estrela petista foi abandonada e a sigla recebeu um tamanho na propaganda quase imperceptível.

Desta forma pretendem eleger um engenheiro, que, por sinal, tem um sugestivo sobrenome: Marcus Alexandre MÉDICI.

Na campanha vão adotar apenas Marcus Alexandre.

Fonte: Revista Crusoé

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política