Empréstimo para o próprio filho parece ser mais uma artimanha na declaração de bens de Lula

A nebulosa declaração de bens de Luiz Inácio...

A declaração de bens apresentada a Justiça Eleitoral pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem diversos aspectos extremamentes nebulosos.

O patrimônio declarado de R$ 7.987.921,57 não retrata nem mesmo a realidade trazida pelos próprios advogados do ex-presidente, que certa feita pediram o desbloqueio de R$ 16 milhões das contas do petista.

De qualquer forma, chama a atenção um empréstimo declarado de R$ 50 mil, que Lula teria feito para o próprio filho, Sandro Luís Lula da Silva.

Os valores, segundo a declaração, teriam sido repassados em 2013 e, evidentemente, até o momento não foram pagos.

Por outro lado, naquela petição em que requereu o desbloqueio de 16 milhões, o advogado Cristiano Zanin argumentou que Lula precisava sustentar a família, inclusive os filhos, ainda dependentes dele.

Que tipo de dependência é esta, em que o empréstimo vai para declaração de rendas do mantenedor, como patrimônio?

E, caso realmente o empréstimo tenha ocorrido, parece óbvio que Lula levou o calote.

Certamente, tem algo errado nisso.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política