Collor e Lindbergh, a mesma prática política e o mesmo “modus operandi” (Veja o Vídeo)

Impressionante como são idênticos. Fernando Collor de Mello e Lindbergh Farias.

Lindbergh surgiu na política bem jovem, supostamente liderando os ‘caras-pintadas’, pedindo o impeachment de Collor. Mero oportunismo. Aliás, uma das características inerentes na dupla.

O ex-presidente e o petista possuem diversos envolvimentos com a prática de corrupção. Collor ficou inelegível por 8 anos. Lindbergh está na iminência de obter tal condição. É o que pede o Ministério Público.

E o ‘modus operandi’ tem tudo a ver.

Até na ‘caça aos votos’ dos incautos a atuação é bastante semelhante.

Nesse sentido, a observação do jornalista Augusto Nunes é perfeita:

“Aparentemente estimulado pelas aparições do pioneiro Lindbergh Farias, o senador Fernando Collor, candidato ao governo de Alagoas, resolveu viver as emoções experimentadas por quem protagoniza um comício sem plateia em lugar cheio de gente. Ao lado do senador Benedito Lira, que tenta a reeleição, o ex-presidente despejado do cargo em 1992 não conseguiu juntar mais que uma dúzia de curiosos. Pelo tamanho da plateia, Collor tem tantas chances de ganhar a eleição quanto o ex-inimigo e hoje amigo de infância Lindbergh.”
Abaixo, os vídeos:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política