Alta do diesel leva ANTT a ajustar tabela do frete

Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou que espera que o governo mantenha subvenção de R$ 0,46 sobre o combustível.

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou nesta segunda-feira, 3, que solicitou à Casa Civil uma audiência sobre a alta do preço do óleo diesel, reajustado em 13% pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na última sexta-feira, dia 31.

“A entidade entende que, independente do aumento do preço internacional, o governo deve cumprir a medida provisória 838/2018 e manter a subvenção de R$ 0,46 do valor do diesel até o final do ano”, informou a Abcam em comunicado.

O preço será repassado aos postos de combustíveis ainda está semana, na região de Ribeirão Preto o preço do Diesel varia entre R$2,84 a R$3,49, na região Sul do Goiás R$3,25 a 3,79 e na região Norte do Tocantins o preço vem sendo comercializado entre R$ 3,23 a R$3,75.

Este é o primeiro reajuste do diesel desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou até o fim de 2018 o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.

O setor agrícola novamente vai sentir, inevitavelmente, o impacto nos custos de produção das diversas culturas com esse aumento dos combustíveis. Sobretudo levando em conta que boa parte das operações com máquinas nas lavouras consome diesel nos motores.

Devido ao aumento do preço do combustível, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) também anunciou que irá ajustar a tabela de fretes. Segundo o órgão, a Lei 13.703, que instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, prevê que uma nova tabela deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional.

Novamente a economia fica a mercê da política, e quem paga a conta é o consumidor final. Podemos prever que com aumento do diesel, aumento no frete, sofreremos alta em tudo. Continuamos sem clareza, sem poder planejar um futuro com rentabilidade.

Caroline Peixoto

Sócia Proprietária em um portal de notícias voltado ao Agronegócio e Sócia Proprietária em uma Agência e Produtora. Diretora de um Programa de Televisão voltado ao entretenimento. 

Siga-nos no Twitter!

Mais de Caroline Peixoto

Comentários

Notícias relacionadas