Deltan tem hoje o segundo round do confronto judicial com Lula

Em 1ª instância o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já sofreu fragorosa derrota para o procurador da República Deltan Dallagnol.

A 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, negou o pedido de indenização por danos morais em que Lula se insurgia contra o procurador, argumentando que ele teria agido de forma abusiva e ilegal em rede nacional, ao utilizar demonstração gráfica via power point para apontá-lo como o ‘Comandante Máximo’ de esquema de corrupção instalado na Petrobrás.

A título de reparação, Lula pedia indenização no valor de R$ 1 milhão.

Insatisfeito com a improcedência da ação, o advogado Cristiano Zanin recorreu ao Tribunal de Justiça de São Paulo.

O julgamento é nesta quarta-feira (5).

Observe-se que quando do julgamento em 1ª instância, Lula ainda não havia sido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Presentemente, condenado e preso, certamente sofrerá nova derrota.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça