O embate judicial da vez: Dilma versus Malafaia

Dilma mandou avisar que irá processar o pastor Silas Malafaia.

A fundamentação legal do processo será injúria, calúnia e difamação.

O pastor disse que “o criminoso que tentou matar Bolsonaro é militante do PT e assessora a campanha de Dilma ao Senado”.

Indignada, Dilma mandou o aviso pelo Twitter.

Malafaia comemorou e rebateu com um desafio: “Ser processado por quem tem como chefe o maior corrupto do Brasil é honra. Por favor, espero que não seja uma falácia, faça!”.

Um processo contra Dilma é tudo o que Malafaia procurava.

Vai transformar o embate judicial em fonte inesgotável de discursos, provocações e visibilidade.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça