Oscar Goldoni reage com 11 tiros, mas morre assassinado em Ponta Porã

O ex-prefeito, ex-deputado estadual e ex-deputado federal, Oscar Goldoni foi assassinado nesta terça-feira (15) em Ponta Porã (MS).
O crime aconteceu por volta das 11h40min, em frente ao prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Goldoni tinha 66 anos e foi executado com cinco tiros de fuzil e de pistola na cabeça. Ele foi surpreendido por pistoleiros, que estavam em um veículo e usaram fuzis calibre 556 e pistolas 9 milímetros.

Antes do homicídio houve perseguição à vítima, até ele ser cercado no local mencionado, onde houve troca de tiros. 
Goldoni efetuou ao menos 11 disparos contra os pistoleiros que o assassinaram.
As investigações serão complicadas, pois a vítima era uma pessoa que tinha muitos inimigos.
Uma coisa, porém, é certa e irá ditar a linha de investigação: o crime foi encomendado e, por trás dos executores, obviamente pistoleiros profissionais, existem mandantes.
O ex-deputado vinha há algum tempo se dedicando apenas a atividade comercial, onde era proprietário das empresas Alambique da Cachaça Vô Kiko, Junior Cerealista, Junior Transportes, Óleo Junior e fazenda em Ponta Porã.

             https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Polícia