Foro privilegiado salva governador, mas o filho tem prisão decretada em Operação da PF

A rigor, o próprio governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, só escapou da prisão porque detém ‘Foro Privilegiado’, mas o seu filho Rodrigo Azambuja está com prisão decretada e a Polícia Federal aguarda a sua apresentação, já negociada com o um advogado.

Além de Rodrigo, o conselheiro do Tribunal de Contas Marcio Monteiro e o deputado estadual José Teixeira também foram presos.

A ação da Polícia Federal atinge frontalmente a campanha à reeleição do governador, que vinha liderando as pesquisas de opinião pública.

É provável que o prejuízo eleitoral seja devastador, o que fatalmente conduzirá Azambuja a uma derrota e a consequente perda do foro especial.

Assim, no início do próximo ano, sem foro privilegiado, o tucano corre o sério risco de assim que efetuar a transmissão de cargo, ir imediatamente para o xilindró.

Mato Grosso do Sul teria então, os seus dois últimos governadores presos, vez que André Puccinelli, antecessor de Azambuja, encontra-se encarcerado desde julho deste ano.

Lívia Martins

Articulista e repórter
livia@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Lívia Martins

Comentários

Notícias relacionadas