Álvaro Dias se revela: preconceito, insensibilidade e falta de humanidade (Veja o Vídeo)

Álvaro Dias sacou um argumento que ninguém até aqui tinha mencionado: o de que Bolsonaro faria mal ao Brasil por ser "um malandro de praia carioca".

Preconceito no dos outros é...

O eleitorado de Álvaro Dias tem todo meu respeito, é gente séria, inimiga da corrupção, sensata.

O candidato acaba de perder meu respeito, nem tanto pelo abjeto preconceito contra os cariocas, mas por usar o estado de saúde de Bolsonaro para pregar o voto contra ele:

"Ele tá quase morto".

Pode haver tática mais odiosa?

Pior é ser um morto-vivo, candidato.

Veja o Vídeo:

Aurélio Schommer

Membro do Conselho Curador na Fundação Cultural do Estado da Bahia - Funceb e Membro Titular no Conselho Estadual de Cultura da Bahia.

Mais de Aurélio Schommer

Comentários