O plano “B” de Geraldo Alckmin

Nas hostes tucanas ninguém mais tem dúvida de que o candidato Geraldo Alckmin está fora da corrida eleitoral.

Ontem, o deputado federal Marcus Pestana, secretário-geral da executiva nacional do PSDB, praticamente reconheceu a iminente derrota.

“Há uma onda pró-Bolsonaro. A febre do Bolsonaro é real. Não é abstração, não são números de instituto de pesquisa. Hoje, o voto útil é pró-Bolsonaro.”
Assim, Alckmin já partiu para o plano “B”.

O negócio é tentar destruir a candidatura de Jair Bolsonaro para então negociar um ministério num eventual governo de Fernando Haddad.

PT e PSDB sempre foram coirmãos.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Otto Dantas

Comentários

Notícias relacionadas