Vereza denuncia a canalhice de colunista de O Globo sobre ausência de Bolsonaro no debate

É insuperável a desonestidade intelectual do vetusto Zuenir Ventura. Hoje, sábado, 6 de Outubro, no segundo caderno do jornal O Globo, ele se supera em canalhice!Escreve o patife sobre o debate:

"Na verdade, o principal "amarelou" como foi dito. Jair Bolsonaro não compareceu alegando estar em recuperação médica, mas na mesma hora do confronto deu uma entrevista à TV Record".
Fiz questão de transcrever na íntegra o mau caratismo de seu texto.
Os fatos reais: Bolsonaro "não alegou nada"; uma junta médica vetou sua participação pela fragilidade em que se encontra um homem ,que, além de ser esfaqueado, passou por duas cirurgias sérias, perdeu 15 quilos e não pode falar por mais de 10 minutos, pois provoca gazes pressionando os mais de trinta pontos consequência do procedimento cirúrgico a que foi submetido, sem que seu enfermeiro o interrompa.
Ele não deu uma entrevista à Record. A emissora foi a sua residência, e lá ele falou com várias interrupções. Bolsonaro estava disposto a ser entrevistado pela TV Globo que não demonstrou interesse em entrevistá-lo.

Esses são os fatos. Mas para o parcial e desonesto Zuenir, mas vale a repetição de um fake news, de que tem sido vitima o candidato. E, em cima de mentiras e calúnias, construíram um personagem "fascista - nazista- autoritário- racista. homofóbico. misógino" - mantras repetidos à exaustão como única e covarde tentativa de impedir a vitória de um homem que vocaliza a indignação da maioria do povo brasileiro;

Carlos Vereza

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Opinião