Ana Amélia não aceitou gravar vídeo contra Bolsonaro

A senadora Ana Amélia Lemos foi vítima de uma escolha extremamente infeliz.

Trocou uma reeleição quase certa para o senado, pela condição de vice de um sujeito que se demonstrou um ‘crápula’ durante a campanha eleitoral.

O que se comenta é que a senadora ficou totalmente perdida entre o pessoal que deu o tom e a direção na campanha de Geraldo Alckmin.

Aceitou ser vice para fazer uma campanha combatendo o grande mal desse país, a corrupção e, em consequência, o PT. Viu Geraldo montar uma ‘parceria’ com esse mesmo PT para desconstruir Bolsonaro.

Ana Amélia sai derrotada deste pleito, com um enorme saldo negativo.
Praticamente destruiu a boa imagem que sempre manteve no seu estado, o Rio Grande do Sul.

Perdeu tanto que a candidata ao senado no RS, Ana Varela, fez a sua campanha usando a insatisfação do eleitorado com Ana Amélia como mote: “Eu sou a Ana que o Rio Grande pode confiar.”

De qualquer forma, informa o jornalista Lauro Jardim de O Globo, Ana Amélia não cedeu a patifaria ilimitada de Geraldo Alckmin.

Não admitiu, em hipótese alguma, gravar qualquer vídeo crítico a Jair Bolsonaro.

Apesar do erro e da aposta errada, manteve a coerência.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política