Derrotado, Lindinho deixa o senado em janeiro rumo a Polícia Federal

O petista Lindbergh Farias não conseguirá a sua reeleição no Rio de Janeiro.

Sua performance nas urnas foi deprimente.

A partir de janeiro perde o malfadado foro privilegiado.

Não deve sequer chegar aos dois dígitos, bem distante de Flávio Bolsonaro e Cesar Maia, os virtuais eleitos.

Sem o mandato senatorial, certamente deixará de lado a sua insolência e desmedido desrespeito às autoridades constituídas.

A Lava Jato deve pegá-lo rapidamente.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política