Jair Bolsonaro e o poste de Lula disputarão o 2º turno, apenas para “cumprir tabela”

A luta contra corrupção significa exterminar o PT.

Haverá 2º turno entre os candidatos Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

O candidato do PSL por muito pouco não venceu em turno único, mas notadamente é o franco favorito no pleito do dia 28 de outubro. Não deverá haver nenhuma surpresa.

A região Nordeste garantiu o 2º turno, mesmo com a estupenda subida de Bolsonaro nos últimos dias.

Acredita-se que ele deve continuar crescendo na região, assim como deve manter a dianteira nas demais regiões do país.

A rigor, o 2º turno será realizado apenas para ‘cumprir tabela’. Impossível qualquer possibilidade de reversão, num quadro em que 60% dos brasileiros querem Lula preso e que Haddad se apresenta como seu ‘poste’.

Além disso, o anti-petismo é latente, o apoio a Lava Jato é notório e é claro o entendimento de que a luta contra a corrupção significa derrotar o PT, exatamente como aconteceu no 1º turno, com a vitória parcial de Bolsonaro e os revezes de figuras importantes do partido, como a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-senador Eduardo Suplicy, o senador Lindbergh Farias, entre outros.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política