Povo mineiro derruba manobra de Lewandowski e Renan, diz Alexandre Garcia

O resultado eleitoral em Minas Gerais conserta o sórdido ataque feito a nossa Constituição, quando do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Uma negociata, um conluio, entabulado entre o ministro Ricardo Lewandowski e o senador Renan Calheiros, na época presidentes do STF e do Senado Federal, respectivamente, literalmente rasgou a nossa Carta Magna, evitando a cassação dos direitos políticos da petista.

Graças a essa safadeza, Dilma conseguiu ser candidata ao Senado Federal por Minas Gerais e, caso vencesse o pleito, estaria a partir de janeiro amparada pelo nefasto foro privilegiado.

Felizmente, Dilma foi fragorosamente derrotada.

O inigualável Alexandro Garcia, sempre antenado e inteligente, observou que a decisão do povo mineiro restaurou o artigo 52 da Constituição.

De quebra, Minas também alijou Fernando Pimentel da disputa pela reeleição ao governo do estado.

Dilma e Pimentel estão agora, mais do que nunca, na mira da Lava Jato.

Veja abaixo a postagem do jornalista:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política