PSL, o nanico, termina o 1º turno como um dos maiores partidos do Brasil

A força de Jair Bolsonaro alavancou os candidatos do PSL em quase todos os estados do país.

Na Câmara Federal o partido terá a 2ª maior bancada, com 52 deputados federais.

No senado terá também uma bancada significativa, com quatro senadores, Juíza Selma Arruda (Mato Grosso), Soraya Thronicke (Mato Grosso do Sul), Flávio Bolsonaro (Rio de Janeiro) e Major Olímpio (São Paulo).

Ou seja, em se confirmando a vitória de Jair Bolsonaro, o próprio PSL já tem uma sustentação no Legislativo, uma boa representatividade no Congresso Nacional.

Conquistar a maioria será muito mais fácil do que se imaginava.

O PSL não é mais nanico e certamente doravante uma nova mentalidade irá prevalecer, com o fim da perversidade do “toma lá, dá cá”, criada pela nefasta esquerda.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política