Haddad, o DNA petista, os gravíssimos processos e o risco de prisão (Veja o Vídeo)

O candidato ungido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar a presidência da República, Fernando Haddad, além de mero cumpridor das ordens oriundas da prisão, é detentor do DNA petista, o DNA da corrupção, tendo sido recentemente denunciado pelo Ministério Público de São Paulo pela prática dos crimes de Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Formação de Quadrilha.

Observem que contra Haddad a denúncia partiu do Ministério Público de São Paulo, e se refere a época em que foi prefeito da cidade. O eventual processo criminal será julgado pela Justiça Estadual. A Lava Jato vai atuar apenas nos problemas advindos de sua estada no Ministério da Educação, estes sim de competência da Justiça Federal de Curitiba.

Percebe-se que por onde o PT passa, fica o maldito rastro da corrupção, da distribuição de propina e das falcatruas.

Assim, caso não seja eleito presidente, o poste do ex-presidente Lula continuará sendo um cidadão comum, sem mandato e sem foro privilegiado, e desta forma, corre o seríssimo risco de ter o mesmo destino do meliante petista ora preso em Curitiba.

Veja o vídeo:

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Otto Dantas

Comentários

Notícias relacionadas