A carta proibida que Gleisi tenta esconder

Nós achamos a "cartinha" enviada por Gleisi ao tirano Nicolas Maduro.

A nova versão petista, verde e amarela, sem vermelho e sem o protagonismo de um presidiário, é mera enganação, uma clara tentativa de mais um estelionato eleitoral.

Para tanto o partido busca desesperadamente se livrar de tudo que porventura lembre o seu passado.

No dia 16 de outubro de 2017, precisamente à 10h05 da manhã, o velho PT, o PT vermelho, o PT de Lula, saudou Nicolas Maduro, parabenizando-o pela vitória na infame eleição venezuelana.

Porém, neste 2º turno da eleição presidencial brasileira, a carta de louvação ao tirano simplesmente não é mais encontrada no site petista.

Estava publicada neste link: http://www.pt.org.br/venezuela-mais-uma-vez-exemplo-de-democracia-e-participacao-cidada/

Sumiu! Desapareceu!

É o novo PT, verde amarelo, sem Lula, com "Haddad, Paz e Amor", tentando novamente ludibriar o eleitorado.

Tentando negar o seu passado.

Entretanto, nós arquivamos e guardamos a cartinha enviada por Gleisi ao tirano venezuelano.

Diz o seguinte a missiva, assinada pela presidente do partido Gleisi Hoffmann e por Mônica Valente, Secretária de Relações Internacionais:

Venezuela: mais uma vez, exemplo de democracia e participação cidadã!
Vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense
O Partido dos Trabalhadores saúda o presidente Nicolás Maduro e seu partido , o PSUV , pela contundente vitória eleitoral nas eleições regionais deste domingo, 15 de outubro de 2017, a vigésima segunda eleição em dezoito anos de governos liderados pelo PSUV.
Este dia será lembrado como o dia de uma vitoriosa jornada de democracia, onde mais de 60% do eleitorado atendeu à convocação democrática e compareceu, de maneira cívica e pacífica, manifestando seu apoio à paz , à democracia e à soberania na Venezuela.
Essa vitória adquire ainda mais importância histórica por ter se dado em meio a uma torpe tentativa de cerco e aniquilamento do país liderada pelo governo estadunidense, império que busca derrotar os povos e nações que lutam por justiça social, inclusão social e autodeterminação.
Parabéns, Venezuela!
Parabéns, Presidente Maduro!
Viva o povo venezuelano!
Gleisi Hoffmann
Presidenta PT
Monica Valente
Secretária de Relações Internacionais
Quem acessar o site do PT hoje e tentar encontrar esta carta, vai se deparar com a tela abaixo:

Eis a tela retirada do ar:

Isso é o PT.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários