Jurista renomado atribui a Haddad a "Lenda do Dumbo" (Veja o Vídeo)

O respeitado jurista Edilson Mougenot Bonfim, procurador de Justiça de São Paulo, reconhecidamente um dos maiores tribunos da história do país, famoso por sua atuação em casos emblemáticos - como o do 'Maníaco do Parques - desmascarou a cantilena do poste ungido pelo presidiário Lula, de que iria promover o “desencarceramento” com a soltura de 350 mil criminosos supostamente presos pelo cometimento de “pequenos delitos”.

Segundo Haddad, presos nessas condições são os maiores responsáveis pelos presídios lotados.

É mentira!

Caso 350 mil presos sejam soltos no Brasil, estarão sendo colocados nas ruas bandidos de alta periculosidade.

Haddad, além de mentiroso, é um completo irresponsável.

Veja abaixo o texto do procurador:


A LENDA DE DUMBO
Quem neste país afirmar que uma das causas do que chamam de “superpopulação carcerária” é a prisão de pequenos infratores ou age com puro dolo ou tem ignorância abissal.
Somente 2,8% dos crimes previstos em lei determinam que o juiz estipule o regime inicial fechado (cárcere) para cumprimento de pena e, ainda assim, com direito à progressão (de regime), que na maioria dos casos se dá com apenas 1/6 da pena cumprida.
Portanto, “presos por pequenos delitos” somente existem na proporção inversa da ignorância ou má fé do mentiroso.
No país da fantasia, vale mais uma lorota dita por um néscio “boca aberta”, que a verdade inconteste que manda construir prisões se não houver vagas suficientes para o número de delinquentes que temos.
Se mentira fizesse crescer nariz, Dumbo, o elefante, seria um bom símbolo desses propagandistas da mentira: orelhas imensas, tromba na mesma proporção.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça