Em documento oficial, PT dá a entender que o seu “erro” foi não ser totalitário (veja o vídeo)

Em balanço realizado pelo PT em 2016 - e divulgado em documento oficial do partido -, são elencados alguns “erros” que teriam sido cometidos durante os 3 mandatos que o partido exerceu na presidência da república.

Entre estes “erros” estão:

1. Reformar o estado, impedindo a “sabotagem conservadora” da Polícia Federal e do Ministério Público Federal

2. Reformar os currículos das academias militares

3. Promover oficiais com compromisso “democrático e nacionalista”

4. Fortalecer as alas superiores do Itamaraty

5. Redimensionar a distribuição de verbas publicitária para os “monopólios da informação”

O historiado, Marco Antonio Villa, comentou o documento em transmissão da rádio Jovem Pan: "O PT não combina com o Estado Democrático de Direito". Confira:

da Redação

Comentários