Ex-ator da Globo dá o golpe de misericórdia em Zé de Abreu “em defesa das mulheres”

Coube ao ex-global André Bankoff a melhor e mais dura reprimenda oferecida a José de Abreu com relação a recente desavença entre ele e a atriz Regina Duarte.

O veterano Zé, petista e contumaz usuário da Lei Rouanet, condenou e agrediu Regina por sua declaração de apoio ao candidato Jair Bolsonaro.

André classificou a atitude de Zé como "machista" e uma deplorável ofensa a todas a mulheres.

Veja abaixo a íntegra do texto:

Eu gostaria de entender!? O grito de Marielle sufocado pelas autoridades, a luta contra o machismo, a falta de respeito, a luta contra a violência as mulheres não seriam a mesma luta?
Não seria “mexeu com uma, mexeu com todas”.
Gostaria de entender se a democracia de um voto é capaz de excluir a união das mulheres em busca de um ideal?
Triste ver que a escolha de um candidato retalha a união de vocês.
Espero que isso termine em breve.
Acredito que a luta da Regina Duarte, da dona Maria, da Isabela, Márcia, Renata, Fernanda, Meire, Rute, Antônia, da MARIELLE e todas as mulheres é a mesma luta.
Não condeno seu partido Zé de Abreu ou senhor José de Abreu, eu repudio sua atitude machista, grosseira e infeliz.
O voto é democrático, respeite isso.
O senhor prega sobre diferenças, igualdade, se faz de CULTO, porém, cospe na cara dos outros e ainda tem uma atitude machista deplorável.
Eu teria vergonha se eu fosse o senhor, pense nisso e peça desculpas as mulheres, seria mais digno de sua parte.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Celebridades