Juiz de Fora, a cidade sem lei

Ultimamente, tudo acontece em Juiz de Fora.

Os grandes quadrilheiros, o PCC e outras organizações criminosas, escolheram a bela cidade mineira para realização de suas falcatruas, de seus crimes e de suas tentativas de calar a democracia.

Em Juiz de Fora tentaram tirar a vida de um candidato a presidente da República, o líder nas pesquisas e, provavelmente, o próximo presidente.

Na mesma Juiz de Fora, onde estranhamente advogados caríssimos assumiram a defesa do criminoso que tentou tirar a vida de Jair Bolsonaro, neste sábado (20), foram apreendidos R$ 15 milhões em carros de policiais civis de São Paulo.

Os tais policiais, segundo alguns depoimentos, haviam sido contratados para fazer a escolta de um empresário, sem saber de fato o que ele foi fazer na cidade.

A identidade do suposto empresário não foi divulgada.

A Polícia investiga relatos de que ele teria deixado Juiz de Fora em um jatinho, apressadamente.

Fica difícil não associar o caso e o dinheiro apreendido ao atentado contra Bolsonaro.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Polícia