Direita, volver!

Esse é um jargão militar. Sinônimo de virar, interromper, mudar o sentido e a direção de uma marcha.

É bem isso que o Brasil está fazendo. E por que será? Porque o PT abusou da sorte, da benevolência, da passividade e da paciência do povo brasileiro.

E muito mais que isso. Quis e ainda quer tirar os brasileiros para bobos.

Ora, os candidatos do PT/PCdoB chegam às raias do mais absurdo abuso, ultrapassam todos os limites do razoável, ofendem a inteligência mediana de qualquer um. Fazem afirmações (dizem que a Venezuela é uma democracia; que Lula, o ladrão, é inocente e que vai subir a rampa do palácio; se dizem ateus; combatem a operação lava-jato; atacam o judiciário; dizem que o impeachment de Dilma foi golpe; acusam o MDB de tudo, tendo com ele uma franca relação de amasiamento ao longo dos últimos 16 anos). Isso para ficarmos somente em alguns exemplos.

Depois adotam posições e comportamentos totalmente contrários aos que defenderam. E dizem que não afirmaram o que disseram.

São abusados. Atrevidos. Audaciosos. Mas, de certa forma a nação brasileira foi parcimoniosa com essa gangue.

Toleramos por muitos anos, de forma pacífica e omissa a empáfia desses malandros enganadores que não passam de camelôs do voto.

Apesar disso, não causa estranheza o apoio que essa craca política ainda tem em setores da sociedade. Como por exemplo na imprensa nacional e internacional, mantida com verbas absurdamente gordas saídas do erário e dos cofres das estatais e/ou via dos gordos desvios de recursos nacionais para os financiamentos efetuados à chamada "internacional socialista".

Ou, das manifestações de manha feitas por alguns integrantes do Supremo Tribunal Federal, por exemplo.

Impressiona a audácia de Ministros benevolentes com a concessão de ordens de Habeas Corpus em favor de notórios corruptos condenados em processos, que revelaram escandalosos atos de corrupção praticados diretamente por esse bando que luta desesperadamente para não entregar o poder.

Sim! A esquerda aparelhou muitas instituições do Estado brasileiro.

Aparelhou as Universidades Públicas.
Aparelhou parcialmente o Supremo Tribunal Federal (só um imbecil não sabe disso - e todos sabemos quem é quem).
Aparelhou as redações dos veículos de comunicação que agem em perfeita sintonia com os interesses empresariais dos donos/empresários que controlam a grande mídia.
Aparelhou o Itamaraty (que é quem gera conteúdo editorial em favor da esquerda sobretudo nos jornais internacionais).
Mas não dominou toda a nação, que a tempo acordou. E mais do que querer Bolsonaro (o último refúgio - que restou), quer se livrar da catrefa. De toda a catrefa. Quer limpeza. E a assepsia já começou com um belíssimo saneamento no poder legislativo e em alguns governos estaduais.

A faxina vai seguir sendo feita no domingo, ante o grito e o esperneio da horda. Mas quem está contaminado não vai mais levar no grito. Seja lá quem e de onde for. E o anseio do eleitorado é que todos quantos tenham dado sustentação ao aparelhamento e se beneficiado dele, arquem com as consequências.

Que sejam auditados os gastos com a imprensa.
Que sejam investigados os agentes públicos coniventes com os corruptos, nos três poderes.
Que nenhum corrupto fique solto.
Que nenhum centavo deixe de voltar ao erário.
Que não haja conivência com o erro, nem com o desvio, nem com a corrupção.
O processo de limpeza será longo, cansativo, e trabalhoso. Mas será feito!

Rotacionar à direita, será antes da defesa de uma ideologia, também uma forma de soltar um grito que está preso na garganta de milhões de brasileiros honrados:

CHEGA!

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia

Siga-nos no Twitter!

Mais de Luiz Carlos Nemetz

Comentários

Notícias relacionadas