Será uma debandada? Vice-líder do PT na Câmara vai para a Rede de Marina

Surpreendentemente, um dos principais parlamentares do PT em Brasília, anunciou nesta quinta-feira (24) a sua filiação à Rede Sustentabilidade. Alexandre Molon, petista à quase vinte anos, vice-líder da legenda, reconhecido pela facilidade com a qual dialogava com políticos de todas as legendas, um dos melhores quadros do PT na Câmara, anunciou a sua saída. 

A decisão de Molon é fruto de quase dois anos de conversas com Marina Silva, que o convidou pessoalmente em 2013 e repetiu o convite nas últimas semanas. 

Na terça-feira, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou a criação da Rede. 

Molon imediatamente entregou a documentação à Justiça Eleitoral para a efetivação da transferência partidária. 

Insatisfeito com os rumos do PT nacional e em especial com o do diretório do Rio de Janeiro - que ensaia retornar para a base aliada do PMDB do governador Luiz Fernando Pezão - Molon afirma que sua saída para um partido de oposição à presidente Dilma Rousseff não significa que ele vá deixar de votar com o governo em temas que sejam importantes para o país. 

"Na Rede, vou continuar lutando pelos mesmos ideiais que me fizeram entrar na política e nortearam toda a minha caminhada: democracia, justiça social e desenvolvimento sustentável", afirmou Molon. 

Molon diz ainda ser contra o impeachment de Dilma, posição compartilhada com Marina Silva, e disse estar animado com a perspectiva de participar da criação de um novo partido.

                                               https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política