Moro, ainda um desconhecido em 2006, e a “premonição” de que seria Ministro da Justiça (Veja o Vídeo)

No longínquo ano de 2006, o juiz Sérgio Moro, mesmo ainda desconhecido, já tinha uma extensa folha de serviços prestadas a nação.

Naquela época, o jornalista e radialista Luiz Carlos Alborghetti, falecido em 2009, numa participação em um programa de TV, defendeu com veemência o nome do magistrado para ocupar o Ministério da Justiça.

Por esse fato, Alborghetti teria sido ameaçado de morte.

A bandidagem já temia Sérgio Moro.

“Foi o juiz federal que mais prendeu corrupto na história da nação brasileira”, disse Alborghetti.

E olha que em 2006 ainda nem existia a Lava Jato.

Demonstração inequívoca da figura impoluta que o magistrado representa.

Parece que foi premonição...

Veja o vídeo:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça