O primeiro confronto entre Ministro da Justiça Sérgio Moro e o Ministro do STF Gilmar Mendes está marcado

A aceitação do convite para exercer o cargo de Ministro da Justiça, vai fatalmente colocar o juiz Sérgio Moro em confronto direto contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Moro vai assumir o novo cargo e um de seus principais objetivos é implementar práticas de combate a corrupção e dar um ritmo ainda mais forte a Operação Lava Jato.

Gilmar, por sua vez, nunca foi simpático a ideia. Muito pelo contrário, é conhecido por sua obstinação em soltar presos envolvidos em casos escabrosos de corrupção.

O juiz, na condição de juiz, sempre utilizou a prisão preventiva como instrumento para elucidação de crimes do colarinho branco.

O ministro do STF sempre agiu contra a prisão de autoridades e empresários envolvidos em casos de corrupção.

Virou rotina a Lava Jato prender e Gilmar soltar.

Coube até um apelido para o magistrado do STF: Laxante.

Todavia, no comando do superministério da Justiça, Moro terá poderes para propor ao Congresso medidas concretas de resgate e fortalecimento da prisão preventiva.

Moro deve utilizar o início da gestão de Jair Bolsonaro para propor a aprovação de novas medidas.

Gilmar vai espernear no sentido contrário, mas assim como teve que amargar e engolir seco inúmeras decisões do juiz, fatalmente será derrotado pelo ministro.

Aliás, os dias de Gilmar podem estar contados.

Os seus pedidos de impeachment finalmente deverão ser desengavetados.

É só aguardar.

Fonte: O Globo

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça