José Dirceu, arrogante, diz “temos que aprender com os coxinhas” e recebe resposta de Ana Amélia

O criminoso José Dirceu voltou novamente a cena esta semana.

Em entrevista à revista IstoÉ, o petista voltou a desferir declarações polêmicas, que demonstram a sua sanha pelo poder.

Todavia, ignorando o movimento espontâneo da sociedade brasileira e demonstrando que não assimilou nada do que aconteceu no país, ele disparou “temos que aprender com os coxinhas”.

A senadora Ana Amélia, através de seu perfil nas redes sociais, deu a resposta:

“José Dirceu se engana! Não é com os ‘coxinhas’ que o partido precisa aprender.
Enquanto continuar com arrogância de quem se sente o dono da verdade, o PT continuará colhendo os frutos da má semente que plantou: a da intolerância, no mantra que dividiu a sociedade: ‘nós e eles’!
O PT é o único responsável por ter inspirado o sentimento anti-petista que aflorou, intensamente, nesta eleição.
Tomou o poder como se o Brasil fosse patrimônio exclusivo seu. Fez oposição destruindo reputação de adversários e traindo aliados.
Que o diga Ciro Gomes!
A máquina pública foi ocupada não pelos mais competentes, mas pelos maiores militantes das causas petistas.
A arrogância do PT foi reforçada pela reação do candidato derrotado que, no segundo turno, sequer admitiu a vitória do concorrente, e seus ‘puxadinhos’, ali presentes, que se apressaram nas ameaças conhecidas para a radicalização e o confronto, em vez de assumirem o compromisso de oposição vigilante e responsável!
José Dirceu esperou muito para admitir que o ‘país precisa ser pacificado’!
Resta indagar a ele: por onde começar?”

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política