Um alerta para o Comandante Moisés: quem precisa de palácio?

Política velha?

Alô, alô Comandante Carlos Moisés da Silva, Governador eleito de Santa Catarina.

A “nova política” não se faz com discursos, mas com atitudes. Também não se muda nada, seguindo as mesmas práticas de sempre.

Nossa população votou em massa contra as velhas raposas. E por consequência, elegeu o senhor - com todo o respeito, um ilustre desconhecido - até então; embora um homem honrado e com um currículo impecável.

Soa dessintonizado de sua postura e do seu discurso de campanha, a anunciada informação, dando contas da sua intenção de ocupar como residência oficial o “Palácio da Agronômica”. A casa símbolo de todas as mordomias pagas por nós, o povo Barriga-Verde!

Pode até ser legítimo, mas é inconveniente, antipático, arrogante e incompatível com a simplicidade que foi propagada como atributo da sua personalidade.
Um contrassenso absurdo!

Será que o senhor precisa disso?

Não é o ego ambicioso tomando o lugar do líder que prometeu renovar as condutas?

Espero não me arrepender do meu voto - e da firme e consciente campanha que fiz - antes mesmo da sua posse!

Sinceramente? Se for verdade o seu governo estará começando mal! Muito mal!

Respeitosamente, é claro!

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia

Siga-nos no Twitter!

Mais de Luiz Carlos Nemetz

Comentários