Em defesa de Sérgio Moro

Nos últimos anos estes foram os (des)governantes do Brasil:

1 - Fernando Henrique Cardoso, um sociólogo de esquerda (que era muito amigo de um torneiro mecânico) e, ao assumir a Presidência da República, disse ao povo brasileiro para rasgar tudo que já havia escrito. Foi na era de FHC que a emenda (in)constitucional da reeleição, manifestamente avessa as mais elementares noções da democracia e renovação, foi aprovada de forma abjeta, não se sabendo até hoje a que cu$to. Certo mesmo foi o imPacTo de uma hecatombe que contribuiu para instaurar e perpeTuar os Czares de um torneiro mecânico semianalfabeto e de uma ensacadora de ventos, com seus ProjeTos de poder pelo poder, muito bem rePresenTados por uma Organização Criminosa travestida de ParTido PolíTico que imperaria por décadas, drenando os recursos públicos do Brasil, através da corrupção e da falta de caráter, até colocar o país em estado de letargia.

2 - Luiz Inácio Lula da Silva, um torneiro mecânico semianalfabeto (que tinha como "amigo" o sociólogo acima), sendo que se encostou na Previdência "ad eternum" sem nunca ter trabalhado. Inacreditavelmente, o torneiro mecânico semianalfabeto, da noite para o dia, se tornou milionário fazendo "PalesTras para emPreiTeiras", com a mesma mágica que sua falecida esposa também se tornou milionária "vendendo Avon".

Que ironia do destino...
O torneiro mecânico semianalfabeto se tornou o bandido-mor do Brasil ao caPiTanear uma Organização Criminosa, travestida de seu ParTido, no maior esquema de corrupção que já se teve notícia na história do Brasil e inacreditavelmente acusou, junto com seus asseclas, as instituições brasileiras de o perseguir politicamente.

3 - Dilma Rousseff, uma anta amebóide que não conseguiu até hoje pronunciar uma frase comPleTa, sem fazer o país virar uma chacota internacional. Dilma Rousseff é um ícone olímpico que jamais será batido, quando consta na PauTa da Ordem do Dia, a modalidade de pedaladas fiscais.

4 - Michel Temer, um gângster, muito bem representado pelas feições de Conde Drácula, que manteve como requisito, para a nomeação de Ministros, estar envolvido até as entranhas em corrupção, muitos dos quais acabaram presos preventivamente ou condenados, pelos desdobramentos da Operação Lava-Jato. O único orgulho de Michel Temer é se ufanar do inufanável, ao fazer uso de suas mesóclises barrocas, as quais bem representam sua forma de governar, sempre na inconfundível direção do "rouba-lo-ei".

E agora a PaTota dos acéfalos PolíTicos está preocupada se Sérgio Moro, um Juiz Federal, aprovado em concurso de provas e títulos por seus próprios méritos, que se tornou referência mundial em combate à corrupção, com especialização em Harvard, quer ou não quer trilhar o caminho da política.

Verdade seja dita, por anos e anos-luz, esta cambada da PaTota fedorenta não atingirá, nem esforço colossal, sequer, o posto de aspirante a estagiário de Sérgio Moro. A distância inatingível não apenas se dá por merecimento e por conhecimento de Sérgio Moro, mas em especial, pelo caráter do mesmo. Fato impossível de ser aprendido pelos PosTulantes a estagiário do brilhante Magistrado.

Em qualquer país do mundo, minimamente desenvolvido, com credibilidade e prestígio internacional, a população deveria louvar e agradecer se um perfil deste porte decidisse trilhar o caminho da política.

Infelizmente, no Brasil, Tiririca's, Rinoceronte's Cacareco's, Macacos Tião's ainda são ungidos nas urnas e defendidos pelos acéfalos PolíTicos da vanguarda do atraso, a qual anda, lamentavelmente, relinchando e grunhindo seus ProTestos, com o único intuito de desabonar o brilhante currículo do futuro Ministro da Justiça que será empossado em 1º-01-2019.

É óbvio que os ProTestos não são apenas contra o futuro Ministro da Justiça, e sim, rePresenTam as lamúrias daqueles que o futuro Ministro, na condição de Juiz Federal, condenou de forma exemplar e colocou atrás das grades.
Fico me perguntando, embora não sejam necessárias resPosTas:

- Por que a mesma PaTota não lamuriou as escolhas dos Ministros nomeados por Fernando Henrique Cardoso, por Luiz Inácio Lula da Silva, por Dilma Rousseff e por Michel Temer?

Destaco bem, somando estes quatro ex-Presidentes contabilizamos dezenas e dezenas de Ministros envolvidos até as entranhas com corrupção e ou condenados criminalmente e ou por improbidade administrativa.

Em face do silêncio ecoante, por décadas, desta PaTota de acéfalos PolíTicos, só há uma coisa a dizer a estes verdadeiros entulhos:

- Que se danem!

Já passa da hora destes ratos PolíTicos clePTomaníacos, com seus planos diabólicos, mofarem atrás das grades.

Vida longa Sérgio Moro!

É e sempre será uma honra, pelo seu próprio merecimento, e não por simples formalidade ou convenção, chamá-lo de Vossa Excelência.

Nós sempre o defenderemos.

Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

Siga-nos no Twitter!

Mais de Pedro Lagomarcino

Comentários