Presidente da CUT opera "robôs" e desafia a Justiça e opositores em cena patética (veja o vídeo)

Em Curitiba, o presidente da CUT, Vagner Freitas, protagonizou a cena mais patética do movimento Lula Livre.

A cena deixa claro que o que restou da militância de esquerda, após a derrocada dos últimos anos, foi uma turba de gente "lobotomizada", capaz apenas de vomitar repetidamente o que a Intelligentsia determina. No exterior, a prática comum aos movimentos socialistas tem sido ironizada, comparando os participantes a aos NPCs (non-player characters), personagens de vídeo game que não respondem aos comandos dos jogadores, mas obedecem à inteligência artificial e são apenas capazes de realizar tarefas predeterminadas, sem vontade própria.

Não bastasse o ridículo, Freitas ainda fez ameaças, afirmando que irão "soltar Lula", "fazer caravanas com Lula pelo país" e "colocar os fascistas no seu devido lugar".

O que restou do PT é isso, uma casta de pseudo intelectuais presos à ideias do século XIX e uma turba de "robôs pré programados" ávidos por truculência.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política