CUT dilapida patrimônio para manter boa vida de dirigentes e vende prédio para pastor (Veja o Vídeo)

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) encontrou uma maneira de assegurar a boa vida de seus dirigentes durante mais alguns anos.

A entidade está demitindo os seus funcionários e dilapidando o seu patrimônio.

Sem o PT no governo e sem o imposto sindical obrigatório, o braço sindical pelego do PT está à míngua e seus diretores, que sempre levaram uma vida abastada sem trabalhar, não querem perder suas benesses.

Assim, a diretoria executiva decidiu vender a sede pela bagatela de R$ 40 milhões.

O imóvel de sete andares está sendo negociado com o pastor Valdemiro Santiago.
Certamente, a esperança da ‘pelegada’ é de que daqui a quatro anos a esquerda retome o poder.

Caso contrário, terão que arrumar alguma atividade para sobreviver...

Aliás, sobre a CUT, a melhor definição da história foi dada pelo deputado federal Delegado Fernando Francischini.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários

Mais em Política