Folha vai ao extremo e critica brasileiros que deixam o Mais Médicos quando encontram emprego melhor

O choro não para!

Depois de descobrirmos que não faltam médicos brasileiros ou com diplomas revalidados para preencher as vagas do Mais Médicos, Mônica Bergamo denuncia que, desses profissionais, 30% abandonam o programa após um ano.

Os motivos? "Ser aprovado em uma residência médica em outra localidade ou ser contratado em uma cidade com melhor infraestrutura da que o profissional está alocado."

Vejam que absurdo, um cidadão livre que aceita melhores ofertas de trabalho em busca de progresso pessoal e material!

Quem esses médicos pensam que são?

Jornalistas como a Mônica Bergamo, que podem se demitir a qualquer hora em troca de um salário melhor num jornal concorrente?

Que audácia, que audácia...

Mais de Rafael Rosset

Comentários